Pular para o conteúdo principal

Siga por email

Eu e você.

0
Fogo e gelo, eu e você. Nunca pensei que um sentimento tão forte como esse pudesse me atingir, digo atingir porque até agora não vi nenhum sentido em amar uma pessoa tão diferente de mim, é mágico, mas ao mesmo tempo dá medo. Quando você sorri e olha pra mim sem o menor interesse, milhares de sorrisos dentro do meu coração iludido se abrem. E como se eu pudesse realmente te ter, imagino nós dois juntos, não faz sentido, mas sim eu imagino. Por mim você nunca vai saber o que eu sinto, prefiro manter em segredo, não quero me decepcionar mais, a diferença entre nós é muito grande e você não é o tipo de garoto que se apaixona por uma menina e quer ser feliz com ela, essa é a nossa maior diferença. Por mais que doa em mim, eu não quero ficar com você, assim como você fica com qualquer outra menina, não quero isso. 

Eu quero muito mais e eu sei que isso eu não posso ter. Usando palavras que não minhas, vou viver com ou sem você e aprender a ser melhor assim, pois tudo que fazia nunca parecia o bastante pra você, adeus vou te esquecer. Apesar de nunca ter te feito nada pra, te amar é alguma coisa não? Sorte a sua, ninguém nunca me amou e eu sem a mínima vontade estou te amando. Antes de eu saber o que era amar, pra mim era tudo lindo, porque eu pensava que quando você amasse alguém ia ser amado também, inocente eu. Agora vou fazer o que nunca pensei que ia fazer, mostrar meus sentimentos de uma forma que me vai fazer diminuir a dor, com palavras. A frase que eu nunca pensei que diria, (obrigada idiota que nunca vai ler isso!) está presente, mas obrigada também por me fazer descobrir esse sentimento que apesar de traiçoeiro é lindo. 

Não queria que fosse assim, mas quem sou eu pra questionar. Queria – quero – estar errada sobre você, ainda é tudo mundo novo, posso estar enganada, quero estar enganada, mas pelo pouco que te conheço – muito pouco –, você não é o que eu queria pra mim, e só vai ser se por um milagre de Deus seus pensamentos e sentimentos também mudassem e você passasse a enxergar o mundo do amor de outra forma, mas depende de você. Eu sei que fantasiei demais o tal do amor, tenho raiva de mim por ser tão ingênua, legal isso, você nem entrou na minha vida, as possibilidades de entrar também são desconhecidas, e você já causou essa bagunça dentro de mim. Não quero e nem vou me prender a isso, graças a Deus, tenho amor próprio e não vou ser mais uma vítima do mal de amor, continuar em frente, sempre, deixar de te amar, talvez.

Comentários