Pular para o conteúdo principal

Siga por email

Textos

Love is Easy

7
 
         Hoje os toques antes insuportáveis do despertador pareceram minha música preferida, derrubei a xícara de chá que você sempre esquece ao lado da cama e sorri, tinha acabado de manchar minha roupa de trabalho? Tinha. Importava? Não. E isso tudo é por sua causa. Eu não sei exatamente quando minha vida entrou nesse videoclipe colorido, no qual as tardes são cheias de sol, os gramados tão verdes e as noites estreladas e repletas de lâmpadas, penduradas no pátio de uma casa, com amigos dançando ao redor de um violão, só sei que tudo isso é culpa sua e dos seus brilhantes olhos castanhos, que você jura que são cor de mel.

          Eu ainda lembro do dia em que te vi no meio daquela multidão, dançando sozinha, com as mãos para o alto, lembro que queria te fotografar, emoldurar e colocar na parede da minha vida. Você pintou meu rosto, contou que todos seus amigos estavam no show de alguma banda qualquer e que você só queria ouvir sua banda preferida, no palco menor, e dançar com as músicas que eram deles, mas também eram suas. “E você? Onde estão seus amigos?” Eu? Eu estava tão concentrado memorizando cada detalhe seu que meus amigos podiam ter sido enviados pra Marte que eu sequer ia ter percebido. “Devem estar por aí.” “Você quer ir procurá-los? Tudo bem, eu vou ficar por aqui, mas foi um prazer, Daniel.” Procurá-los implicava em te perder, eu não estava preparado, “Vou ficar, também gosto dessa banda!”, você sorriu e me puxou para perto do palco, tentando não derrubar sua cerveja quase quente.

          Você tinha um jeito tão diferente de tudo que eu já tinha visto, parecia uma daquelas garotas que aparecem nos filmes, na janela do ônibus, com uma mala cheia de sonhos e fones no ouvido. Tentei me convencer de que eram só os primeiros meses, uma hora ou outra iria parar de achar tudo que você faz as coisas mais incríveis do mundo, deixaria de pensar que sete das dez coisas que via, você precisava ver também, não gostaria mais tanto de assistir série de mistério só para vê-la tentar descobrir quem é a tal –A, ou dizer ‘how you doin?’ todas as vezes em que você se arruma para sair comigo, mas você sorri tão lindo quando eu digo... Como eu poderia parar?

          Em uma das festas que acabavam com a gente caminhando até a praia para ver o sol nascer você disse que sempre quis viver um ano, talvez dois, em uma casinha à beira mar, lendo seus livros, deitando na areia e correndo sem roupa nas madrugadas de verão, eu sorri e nos imaginei em uma casa pequena, com poucos móveis, um bom bar e uma lareira, seria incrível. Então congelei. Desde quando seus planos eram meus planos? “Eu não mencionei nada sobre você estar incluído, pode se acalmar, obrigada.” Você até podia não ter mencionado, mas eu tinha, tanto que a ideia agora parecia mais minha do que sua. Você caminhava na ponta dos pés ao meu lado e então percebi que te amava. Caralho, era isso que era amor então?  Amor era tão fácil assim? Precisei me sentar por alguns minutos.

          Você gargalhou e sentou ao meu lado. No caminho pra casa repassei milhares de histórias de amor dos amigos, todos os choros que vi nos filmes, todas as tragédias dos livros, o amor não podia ser fácil, era tumultuado, tempestuoso, um caminho cheio de curvas. Então por que te amar enquanto você me encarava com um meio sorriso e a maquiagem borrada parecia a coisa mais simples de se fazer? E agora estou aqui, no meio da cidade cinza e chuvosa, de gravata e tudo, em um daqueles ternos antigos que você ama, com um guarda-chuva e um ukulele emprestado, no bolso do paletó uma chave. Dois cômodos, um bar abastecido e uma minúscula lareira. Mar. E parece tão natural para mim.

Comentários

  1. ai mds que coisa linda <33 vc que escreveu ou é um trecho de livro?
    garotatumulto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, que bom que gostou <3 eu que escrevi e estou chorando de amor com a pergunta ahahaha

      Excluir
  2. Muito lindo! Parabéns. Às vezes o amor é fácil assim...
    (Adorei a citação de Friends e Pretty Little Liars)
    beijos
    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigadaaa :)
      e sobre friends e pll, tem como não amar? hahhaa
      beijoss

      Excluir
  3. Ai que texto maravilhoso <3333 in love com o blog todo, bg lindooooo.

    Estou seguindo.

    Tem look novo, vem da uma olhada -> http://diversosfemininos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo, amei o texto! Parabéens! Beijoos lindaa

    http://akkafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. UAL que texto mais lindo. Me emocionei e sorri sozinha varias vezes lendo. Adoro histórias de amor. ♥
    Parabéns!!!!


    Beijos, Isabela Seixas

    ResponderExcluir

Postar um comentário

♥ Obrigada por visitar o nosso espaço :D
♥ Se preferir comente usando a opção: Comentar como: Nome/URL. Aí é só adicionar seu nome e caso queira, o link de alguma rede social ou se você tiver um blog, deixa o endereço dele pra gente retribuir a visita.